Nota de pesar – Falecimento

Tomé foi, sobretudo, um resistente na prática política e no pensamento contra os governos conservadores do Amapá e do Brasil. Foto: Divulgação

O Conselho Nacional dos Extrativistas – CNS e o Memorial Chico Mendes vem a público manifestar seu pesar e solidariedade aos familiares e amigos de Tomé de Sousa Belo.

Agricultor e ambientalista, “Seu Tomé” foi liderança entre os trabalhadores rurais e um dos fundadores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Amapá, do Partido dos trabalhadores e da Central Única dos Trabalhadores – CUT.

Participou da organização e criação da Escola Família do Carvão entre outras incontáveis contribuições para a sociedade, tendo em vista que dedicou grande parte de sua vida à militância das causas dos trabalhadores rurais e foi um parceiro das lutas do CNS no Amapá e na criação da RESEX Rio Cajari.

Tomé foi, sobretudo, um resistente na prática política e no pensamento contra os governos conservadores do Amapá e do Brasil. Uma voz da Amazônia em favor dos trabalhadores rurais da Amazônia.

Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*